ISBN: 978-65-87084-10-7

Nos porões da Ditadura

R$39,90

Organização: Alec Silva
Edição: Cartola Editora – Setembro / 2020
Dimensões: 14 x 21 cm
Páginas: 196

11 em estoque

Compartilhe:

Descrição

A ditadura militar brasileira teve início em 1.º de abril de 1964. E terminou em 15 de março de 1985. De caráter autoritário e nacionalista, teve início com o golpe militar que derrubou o governo de João Goulart, o então presidente democraticamente eleito. O regime acabou quando José Sarney assumiu a presidência, o que deu início ao período conhecido como Nova República (ou Sexta República).

Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos. Além disso, o regime pôs em prática vários Atos Institucionais, culminando com o Ato Institucional Número Cinco (AI-5) de 1968, que vigorou por dez anos. A Constituição de 1946 foi substituída pela Constituição de 1967 e, ao mesmo tempo, o Congresso Nacional foi dissolvido, liberdades civis foram suprimidas e foi criado um código de processo penal militar que permitia que o Exército brasileiro e a Polícia Militar pudessem prender e encarcerar pessoas consideradas suspeitas, além de impossibilitar qualquer revisão judicial.

Adotando uma diretriz nacionalista, desenvolvimentista e de oposição ao comunismo, a ditadura atingiu o auge de sua popularidade na década de 1970, com o “milagre econômico”, no mesmo momento em que o regime censurava todos os meios de comunicação do país, torturava e exilava dissidentes. Na década de 1980, assim como outros regimes militares latino-americanos, a ditadura brasileira entrou em decadência quando o governo não conseguiu mais estimular a economia, controlar a hiperinflação crônica e os níveis crescentes de concentração de renda e pobreza provenientes de seu projeto econômico, o que deu impulso ao movimento pró-democracia. O governo aprovou uma Lei de Anistia para os crimes políticos cometidos pelo e contra o regime, as restrições às liberdades civis foram relaxadas e, então, eleições presidenciais indiretas foram realizadas em 1984, com candidatos civis e militares.

Agora, a antologia “Nos porões da ditadura” adentra em uma das épocas mais assustadoras e brutais de nossa história, trazendo histórias sobre pessoas que lutaram bravamente nesses 21 anos de obscuridade política. Pais de família, mães solteiras ou viúvas, órfãos, movimentos estudantis, policiais descobrindo que talvez estejam do lado errado da história, jornalistas perseguidos, políticos jurados de morte, famílias tentando sobreviver…

Informação adicional

Peso200 g
Dimensões2 × 14 × 21 cm

E-book

Este livro também está disponível em formato digital:

Comprar

QR Code